NOVIDADES

Ficha de Projecto 3D.Carbide

Designação do projeto | 3D.CARBIDE: Fabricação Aditiva de Componentes em Metal Duro 

Código do projeto | POCI-01-0247-FEDER-033618 

Objetivo principal| 1-Reforço da investigação, do desenvolvimento tecnológico e da inovação 

Região de intervenção | Norte, Centro

Entidade beneficiária | DURIT - METALURGIA PORTUGUESA DO TUNGSTÉNIO, LDA

Data de aprovação | 19-03-2018 

Data de início | 2018/07/01 

Data de conclusão | 2020/06/30 

Custo total elegível | 951.697,9€ 

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 654.773,72€ 


Breve Descrição do Projeto | O projeto 3D.Carbide tem como objetivo desenvolver a fabricação aditiva (AM - Additive Manufacturing) para aplicação na indústria de componentes em metal duro, apresentando-se como uma tecnologia bastante promissora para componentes funcionais de elevado valor acrescentado, produzidos em pequenas séries. Para este setor, a AM pode representar uma revolução do processo de conformação, tendo vantagens significativas ao nível do tempo de fabrico, maior complexidade de formas ou ao nível ambiental, considerando a elevada taxa de utilização de matéria-prima comparativamente com os processos convencionais. Recorrendo às técnicas propostas, baseadas em extrusão de suspensões de pó e posterior sinterização, o objetivo central é obter componentes com qualidade ao nível das características físicas do material, o problema mais crítico e limitante de outras tecnologias testadas até então. 
 

 

Ficha de Projecto Add.Additive

Designação do Projeto | Add.Additive - add additive manufacturing to Portuguese industry

Código do Projeto | 24533

Tipologia da Operação | Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico - Programas Mobilizadores

Código da Operação | POCI-01-0247-FEDER-024533

Objetivo temático | OT 1 - Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção | Norte, Centro

Promotor líder | ADIRA - METAL FORMING SOLUTIONS, S.A.

Copromotores | ADIRA - METAL FORMING SOLUTIONS, S.A., GLNPLAST, S.A., GLNMOLDS, S.A., INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA, UNIVERSIDADE DO MINHO, CENTIMFE - CENTRO TECNOLÓGICO DA INDÚSTRIA DE MOLDES, FERRAMENTAS ESPECIAIS E PLÁSTICOS, UNIVERSIDADE DE AVEIRO, LENA AGREGADOS - COMÉRCIO DE AGREGADOS (CASTELO BRANCO), S.A., PORCELANAS DA COSTA VERDE S.A., DURIT - METALURGIA PORTUGUESA DO TUNGSTENIO LDA, PERIPLAST-EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS LDA, AMCUBED, LDA, PLASTIMAGO-TRANSFORMADORA DE PLASTICOS LDA, BIOSAFE - INDÚSTRIA DE RECICLAGENS S.A., WEADD LDA, 3DTECH - PRODUÇÃO, OPTIMIZAÇÃO E REENGENHARIA LDA, CEIIA - CENTRO DE ENGENHARIA E DESENVOLVIMENTO (ASSOCIAÇÃO), INEGI - INSTITUTO DE CIÊNCIA E INOVAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA E ENGENHARIA INDUSTRIAL, UNIVERSIDADE DE COIMBRA, TJ MOLDES S.A., OMNIDEA LDA, ALMADESIGN - CONCEITO E DESENVOLVIMENTO DE DESIGN, LDA, CENTRO DE APOIO TECNOLÓGICO À INDÚSTRIA METALOMECÂNICA

 

 

Data de aprovação | 17.08.2017

Data de início | 01.04.2018

Data de conclusão | 31.03.2021

Investimento total elegível | 8.811.080,81 €

Apoio financeiro da União Europeia através do FEDER | 5.731.776,86 €

Programa financiador | Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI)

 

 

Breve Descrição do Projeto | O Fabrico Aditivo (FA) é uma tecnologia de produção que permite produzir peças com formas complexas a partir de dados digitais. No contexto de competitividade industrial que se verifica atualmente, o FA é uma tecnologia que tem de ser explorada, na medida em que pode responder às exigências do mercado pelo facto de gerar soluções céleres e permitir obter produtos inovadores, com características mecânicas e funcionais semelhantes às obtidas pelos processos definitivos, com grande liberdade ao nível da geometria e seleção de materiais, e com vantagens significativas em termos de flexibilidade, qualidade e custo de produção.

No âmbito do FA, a relação que existe entre material e processo de produção assume uma especial importância, na medida em que estes fatores são interdependentes, ao contrário do que ocorre no método tradicional de subtração de material. O estudo e desenvolvimento desta relação vão permitir a criação de novos produtos, processos e equipamentos, sendo a base de todo o projeto mobilizador. A estrutura e organização do próprio projeto estão orientadas para leitura simples e interligadas com o desenvolvimento e valorização de resultados. Valorização ao nível da investigação e desenvolvimento, ao nível da disponibilização de equipamentos com tecnologia nacional, materiais para FA, capacidades de engenharia para componentes de elevado desempenho, inspeção de acordo com normalização e reforço de uma rede de infraestruturas nacionais com espectro mundial.

O projeto Add.Additive tem como principais objetivos: dar resposta às grandes questões de investigação e desenvolvimento que incidem sobre a relação material-processo em métodos de Fabrico Aditivo, alicerçando-se num conjunto de copromotores com saber e experiência nos domínios técnico-científicos relevantes e com representatividade nacional e internacional. Pretende-se alavancar a valorização dos resultados em diversos setores, através de uma estratégia coordenada entre parceiros industriais e institutos e centros de investigação, sendo o conhecimento gerado valorizado por via de atividades de criação, difusão, transferência, utilização e incorporação de tecnologia assentes em três pilares: ciência e desenvolvimento tecnológico; internalização de saber e tecnologia pelos tomadores; e utilização dos mesmos pelos potenciais utilizadores finais.

 

Estrutura do Projeto | PPS 1 - Fabrico aditivo baseado em Materiais Metálicos | PPS 2 - Fabrico aditivo baseado em Materiais cerâmicos, cimentícios e compósitos de metal cerâmico | PPS 3 - Fabrico aditivo baseado em materiais poliméricos | PPS 4 - Metodologias e sistemas digitais para Fabrico Aditivo | PPS 5 - Desafios Económicos, Sociais e Ambientais | PPS6 - Gestão do projeto e disseminação alargada dos resultados

 

Hardcorr

 

 

 

CENTRO 2020

 

 

 

 

 

PRODIAM

AUMENTO DA PRODUTIVIDADE COM FERRAMENTAS REVESTIDAS A DIAMANTE CVD  

 

A DURIT e a UNIVERSIDADE DE AVEIRO (UA) têm uma longa história de colaboração, em estágios de mestrado e projetos de investigação no tema de revestimentos de diamante obtido por deposição química a partir da fase vapor (CVD).

 

MORE ... 

 

 

DURIT atualmente

Noticias, novidades, lançamentos, convívio, aniversários, informações gerais da vida da empresa, prémios e distinções, homenagens, etc… Tudo isto e muito mais é aqui divulgado. Neste espaço, você vai descobrir o que move os especialistas de Metal Duro..

versão Inglês